Enem seriado: o que é e como vai funcionar? Confira!

Enem seriado, esse é um tema que vem sendo destaque em muitos portais de notícias. Mas entende o novo formato.

Saber como irá funcionar o Enem seriado é importante para todos os alunos que desejam cursar uma faculdade.

De modo que, seja possível efetuar a melhor preparação possível para atingir uma pontuação capaz de te auxiliar a conquistar sua vaga no ensino superior.

Visando te auxiliar a entender esse novo formato, separamos informações úteis sobre o Enem seriado, continue lendo e confira.

Enem seriado: o que é e como vai funcionar?

Enem seriado

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) seriado é na verdade, uma nova forma de permitir o ingresso dos alunos ao ensino superior.

Nesse caso, o aluno vai poder fazer a prova do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica) em sua própria escola.

A prova é anual e a avaliação servirá para que o aluno some pontos e tenha uma média de seu desempenho durante o ensino médio.

Com essa média, o aluno poderá concorrer a vagas de ensino superior no país inteiro. E justamente por ser uma prova que ocorre a cada ano, o aluno terá mais chances de demonstrar seus conhecimentos.

De maneira que, a cada prova sua performance contribua para o aproximar ainda mais de seu sonho de entrar em uma universidade pública.

Reformulação do Saeb permitirá o Enem seriado

Enem seriado

Atualmente o Saeb é aplicado a cada dois anos, sendo contempladas as séries: 2°, 5° e 9° do ensino fundamental, e o 3° do ensino médio.

No entanto, na nova versão da prova os alunos de todas as etapas escolares terão participação no exame.

Ao final do ensino médio, o aluno terá o seu desempenho calculado com base nas notas dos últimos três Saeb realizados.

A partir da pontuação final, ele poderá usar essa nota para concorrer nos processos seletivos de todo o país.

Como fica a preparação para o Enem seriado?

Enem seriado

Sempre que pensamos em provas anuais que avaliam o desempenho dos alunos ao longo do último ano, isso significa uma prova com menor densidade de conteúdo.

Portanto, é interessante para deixar a preparação para o Enem mais leve. Ao mesmo tempo que, emite um verdadeiro diagnóstico de como está a rotina de estudos do aluno.

Aqueles que se dedicam efetivamente ao longo dos três anos, garantem boas pontuações em cada prova, atingindo uma média muito interessante.

No entanto, se o aluno não se sai bem em sua primeira prova de Enem seriado, terá todo o ano seguinte para avaliar suas falhas e melhorar sua performance.

De maneira que, possa se sair bem nas próximas etapas da prova, aumentando a sua média final de pontuação.

Por estar continuamente se preparando para fazer provas ao final do ano, os alunos tendem a ter maior facilidade de absorver os conteúdos necessários.

Contudo, a preparação fica mais leve e o aluno já possui um diagnóstico de sua performance. Podendo optar por fazer o Enem tradicional ao final de seu ensino médio.

Cabendo ao aluno usar a média mais elevada para concorrer a uma das vagas de graduação nas universidades de todo o país.

Enem tradicional deixará de existir?

Não! O Enem seriado não é uma substituição para o Enem tradicional, o que amplia as chances de alunos ingressarem no ensino superior.

Uma vez que, será possível usar a nota que o aluno preferir para concorrer a uma vaga nas universidades de todo o país.

Portanto, fazer o Enem seriado e também o tradicional, aumenta as chances de ter uma pontuação capaz de incluir o aluno no curso de seus sonhos.

Enem seriado

Além de não deixar de existir o Enem no modelo tradicional, a versão seriada tende a preparar melhor o aluno para o Enem tradicional.

Justamente devido ao fato de que, o candidato terá maior experiência com o Enem, por ter passado por 3 provas anteriores ao modelo tradicional.

Essa experiência de dedicar um dia para resolver questões com seriedade é importante para o aluno.

Servindo não só como uma possibilidade de atingir uma média elevada, como também, aumenta a familiaridade dos alunos com provas tão extensas.

O que é um importante aspecto do preparo para o Enem tradicional. Afinal, é uma prova muito longa e que tende a ser naturalmente cansativa para o aluno.

Entendendo o funcionamento do Enem Seriado em 2021

A partir de 2021, apenas os alunos do 1° ano do ensino médio poderão fazer a primeira prova do Enem Seriado. Caso optem por não fazer o Enem Tradicional após completar o ensino médio, os alunos poderão usar a nota obtida na versão seriada para concorrer a vagas em universidades.

Já em 2022, os alunos do 1° ano do ensino médio e do 2° ano do ensino médio poderão fazer a prova do Enem Seriado.

Que só terminará de ser executado em 2023, quando todos os anos do ensino médio estarão aptos a fazer a prova.

As provas na versão seriada serão completamente digitais, o que permite à banca a criação de questões mais complexas.

Que envolvem o uso de imagens e gráficos animados, para que os alunos possam interpretar e usar como base para responder as questões pertinentes.

O objetivo ao aplicar o novo Saeb é que o Inep aplique as provas ao final do ano, entregando os resultados para as escolas em fevereiro do ano seguinte.

Dessa forma, os gestores e professores podem observar o desempenho geral de suas turmas e implementar melhorias na própria instituição.

O que é importante para os alunos que serão melhor preparados e para o ensino de forma geral. Afinal, quando as escolas evoluem, a sociedade inteira evolui em conjunto.

Portanto, o Saeb não será apenas um caminho para avaliar a instituição ou o aluno em si. Sendo uma importante ferramenta para desenvolvimento da educação no país.

Confira também:

Evoluções em relação ao Enem tradicional

Enem seriado

E quem pensa que as novidades já acabaram, está um pouco enganado. Tendo em vista que, de acordo com o cronograma divulgado pelo Inep o Enem tradicional manterá seu formato até 2024.

No entanto, a partir de 2025 será elaborado um Novo Enem, adaptado completamente em relação a reforma do ensino médio.

E em 2026 o Enem já será completamente digital. Portanto, os alunos que saem do ensino médio nesse período de transição, enfrentam novidades nas provas.

Até o ano de 2026, o Enem digital será disponível para testes. De forma que, o Inep possa avaliar a performance de alguns alunos que optam por esse modelo de prova.

Justamente com o objetivo de realizar adaptações e melhorias até a implementação de um modelo totalmente digital de prova.

Possibilitando que em 2026, os alunos que serão submetidos somente a essa possibilidade de prova, tenham total segurança com relação a aplicação e correção do Enem.

Que já não será mais como o modelo tradicional. Afinal, uma prova virtual oferece muitas possibilidades que a prova tradicional não disponibiliza.

Por exemplo, a utilização de imagens animadas e outras ferramentas para ilustrar a prova. Tornando o Enem muito mais interessante e interativo para o aluno.

Portanto, os próximos anos são de investimentos e novidades. Requerendo dos candidatos ao Enem resiliência e capacidade de se adaptarem aos novos cenários propostos pelo Inep.

Deixe um comentário